Carreira Gestão de Pessoas

Competências dos profissionais do futuro: como desenvolvê-las?

competências dos profissionais do futuro

Conhecer e desenvolver as competências dos profissionais do futuro é fundamental para sobreviver na nova era do mercado de trabalho. As empresas precisam de um capital humano que seja capaz de responder com agilidade e precisão às demandas  deste novo ambiente. 

Pode-se dizer, portanto, que a grande estratégia para superar as adversidades que se apresentam é investindo no desenvolvimento de competências da sua equipe. Quer saber como fazer isso? Continue a leitura e confira!

Você pode se interessar também: 

O cenário do mercado de trabalho

Nos últimos meses todo o mundo precisou se adaptar a uma rotina completamente diferente daquilo que estávamos acostumados. O isolamento social se fez necessário para conter a disseminação do coronavírus, e com isso, empresas de todos os tipos e portes tiveram que adotar novas estratégias para sobreviverem. 

Foi então que o digital surgiu como principal solução estratégica. Cursos presenciais foram substituídos pelas salas online, o comércio saiu das ruas e passou para as telas de celulares e computadores, enfim, a grande maioria precisou recorrer ao digital como meio de sobrevivência. 

E de repente, a inovação e disrupção que se projetavam para o futuro, tornaram-se a realidade do presente. E o mercado que já era extremamente mutável, ficou ainda mais competitivo. 

Engana-se quem pensa que essa realidade é apenas temporária. Muitas coisas irão mudar no cenário pós coronavírus, muitas incertezas ainda irão se manter por um bom tempo, mas a única certeza que pode-se ter de fato é que, o futuro já chegou!

A grande questão é: sua empresa está preparada? Seu capital humano possui competências dos profissionais do futuro capazes de auxiliar seu negócio a superar as adversidades do período? 

Conhecendo as competências dos profissionais do futuro 

A nova gestão de pessoas direciona o seu foco para o desenvolvimento de competências comportamentais, também conhecidas como soft skills. Ou seja, há um entendimento de que a forma como os profissionais se comportam diante de suas atribuições do dia a dia é o que faz com que ele se torne um recurso indispensável para as estratégias do negócio. 

Para que as empresas se mantenham competitivas é necessário buscar por profissionais que possuam comportamentos estratégicos para o seu negócio. Neste sentido, as competências comportamentais de seus talentos devem estar alinhadas com as metas da empresa, e também com as demandas do mercado de trabalho. 

O cenário apresentado anteriormente deixa claro que existem determinadas competências que precisam fazer parte da rotina organizacional para que o negócio consiga sobreviver nesta nova era. 

Mas afinal, quais são essas competências dos profissionais do futuro? Basicamente, as competências giram em torno de duas necessidades urgentes: a de transformação digital e da importância de se trabalhar com equipes ágeis. 

São consideradas competências chaves do presente: 

Veja também esse episódio do Arbachecast, com Fernando Arbache, que aborda as especificidades das competências dos profissionais do futuro. 

Como desenvolver as competências dos profissionais do futuro? 

O primeiro passo para desenvolver as competências dos profissionais do futuro em sua equipe é conhecendo os talentos que sua empresa em mãos. Parece simples e até bobo, não é mesmo? Mas você se surpreenderia com a quantidade de negócios que perdem oportunidades de crescer por simplesmente não investir na própria equipe. 

Afinal, é muito mais simples, rápido e economicamente viável investir no desenvolvimento de pessoas que já estão integradas na equipe, do que buscar um novo profissional, que precisaria de tempo e dedicação para se inserir na cultura do negócio. 

Gamificação como aliada no mapeamento das competências dos profissionais do futuro

As soft skills citadas acima, são comportamentos subjetivos, ou seja, são características mais difíceis de serem identificadas objetivamente. Portanto, o RH geralmente tem dificuldade para fazer um mapeamento assertivo. 

Porém, já existem ferramentas prontas que ajudam empresas a fazer o mapeamento das competências dos profissionais do futuro, como é o caso da gamificação, por exemplo. 

A gamificação é uma metodologia que faz uso de estratégias de jogo para  para engajar pessoas, resolver os problemas e melhorar o aprendizado nas organizações. 

Os jogos da Arbache Innovations colocam os profissionais frente aos desafios desta nova era. Ou seja, os usuários entrarão dentro de uma simulação, e durante o jogo terão que tomar decisões estratégicas para ajudar a empresa fictícia a lidar com as adversidades. 

Ao final desta simulação,  o gestor terá acesso a um painel com insumos para uma profunda análise dos dados de seu capital humano, através de diagnósticos individuais ou coletivos.

Ficou interessado? Clique aqui e conheça todas as soluções da Arbache para o seu negócio!

Leia nosso artigo “Gamificação no RH” e saiba como alavancar os resultados da sua empresa com essa estratégia.