Liderança

Liderança feminina: a participação das mulheres em cargos de gestão e chefia

liderança feminina

Podemos perceber que a representatividade de liderança feminina nas organizações vem aumentando consideravelmente ao longo dos anos. Entretanto, os desafios ainda persistem, principalmente relacionados à igualdade salarial e respeito em suas posições. 

Apesar das conquistas serem significativas, ainda há muito a ser superado para que alcancemos a tão sonhada igualdade de gênero. 

No texto a seguir trouxemos um panorama de como tem sido a presença feminina em posições de liderança dentro das empresas. 

Você vai descobrir quais foram as principais conquistas neste quesito, além de conhecer os principais obstáculos enfrentados por elas para assumir altos cargos de gestão e chefia. 

Liderança feminina em números 

Separamos alguns dados que apontam que, sim há um aumento no número de lideranças femininas nas organizações. Porém, essa participação ainda é muito tímida, o que reforça a importância de defender o espaço e direitos das mulheres no ambiente de trabalho. 

Confira alguns estudos que nos ajudam a entender como tem sido a evolução das mulheres na liderança. 

Women in Business

O relatório Women in Business 2019, produzido pela consultoria Grant Thornton, apontou que, no Brasil 93% dos negócios contam com alguma liderança feminina. 

O número representa um salto de 32% em comparação com o ano anterior. Foi considerado pela pesquisa como liderança, qualquer atuação em nível gerencial. Entretanto, prevaleceu o número de mulheres líderes em posições como CFO e direção de Recursos Humanos. 

Relatório Mckinsey

A consultoria McKinsey produziu um relatório que traz dados interessantes acerca da importância da participação feminina no ambiente de trabalho. 

Ele mostra que a mulher representa 50% da população ativa no mundo, mas gera somente 37% do PIB. Participam de 22% de trabalhos parlamentares e ministeriais e 25% de posições gerenciais.

O estudo indica também que US$12 Trilhões poderiam ser adicionados ao PIB mundial, se eliminado a diferença entre gêneros e que 240 milhões de trabalhadores poderiam entrar no mercado de trabalho em 2025, caso isso ocorresse. Para o Brasil, este incremento seria de US$ 410 bilhões. 

A pesquisa indica também que, empresas com pelo menos uma mulher em cargo de presidência ou vice-presidência podem aumentar a margem de lucro em até 47% e gerar 44% a mais de riqueza ao acionista. 

O motivo desta variação é devido ao aumento de produtividade gerado em função dos diferentes estilos de gestão e da complementaridade de ideias.

Pesquisa Accenture

Em recente pesquisa, a Accenture aponta que, nos países desenvolvidos, alcançaremos a igualdade em 2044 e que, em países em desenvolvimento, como é o nosso caso, somente chegaremos lá em 2066. 

No entanto, isso só irá acontecer se três pontos forem implementados:

  • As mulheres escolherem carreiras mais estratégicas,
  • As mulheres desenvolverem habilidades digitais para poderem abastecer a era tecnológica em que vivemos,
  • Por não menos importante, os governos, empresas e universidade apoiarem políticas e diretrizes voltadas para essa temática.

Desafios e importância da participação feminina em cargos de liderança 

Conforme demonstrado pela pesquisa realizada pela McKinsey, a presença de liderança feminina nas organizações representa, muitas vezes, uma vantagem competitiva. 

Isso acontece pois, no ambiente de trabalho, como em diversos outros âmbitos, faz-se necessário um entendimento diversificado de diferentes situações. 

Ou seja, a variedade de opiniões, de ideias e experiências pode contribuir de forma extraordinária para criação de um ambiente inovador e focado em resultados. 

Para chegar até o patamar de assumir um cargo de liderança as mulheres precisam enfrentar uma série de desafios. Entre os principais estão a dificuldade em conciliar vida pessoal e profissional, a desconfiança da qualidade do trabalho e a falta de incentivo das organizações. 

Mas afinal, como superar estes desafios? A resposta é: através do empoderamento e da busca por conhecimento constante. 

Empoderamento feminino na Arbache Innovations.

Assim como a ONU, reforçamos a importância de defender o espaço e os feitos das mulheres na sociedade. Acreditamos no empoderamento como poderosa ferramenta para mudar estigmas e alcançar a tão sonhada igualdade de gênero. 

Em nosso site, você tem acesso a uma página com conteúdos exclusivos sobre empoderamento feminino. Lá você encontra temas como: estilo de vida, dinâmica profissional, busca por oportunidade, crescimento na carreira, alinhamento entre vida pessoal e profissional e muito mais. Confira!

Avatar

Carolina Rossi

2 Comentários

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.