Cotidiano

Será Que Você Consegue?

interruptor consegue

Será Que Você Consegue?

Assistindo a um vídeo de um neurocientista, ouvi pelo palestrante uma dica dita poderosa para ajustarmos melhor nosso cérebro a enxergar as pequenas alegrias cotidianas.

Após uma grande explicação ele pediu que nós anotássemos antes de dormirmos, por no mínimo duas semanas, apenas três situações ou eventos positivos ocorridos naquele dia.

Exemplos destes acontecimentos:
– cheguei de carro no shopping e achei a melhor vaga para estacionar.
– hoje ganhei um pedaço de bolo de chocolate no trabalho.
– uma amiga que não vejo faz tempo me chamou para um happy hour.
– recebi um e-mail elogiando uma tarefa.
– seguraram a porta do elevador para mim…

Enfim, somente o fato de criarmos uma rotina para escrevermos e procurarmos na mente eventos assim, (após duas semanas em média), nosso cérebro “se obriga” a procurar durante o transcurso do dia, situações semelhantes para facilitar nossa tarefa noturna, ou seja, ele criará o mecanismo para apurarmos melhor nossa avaliação diária, e o que de repente passaria despercebido pela correria da vida, entrará em destaque à partir de então.

Gostei demais desta possibilidade, e de fato, esse pequeno hábito (comprovadamente) alivia a pressão dos demais eventos repetitivos e estressantes que vivenciamos diariamente.
A vida é uma mistura interessante, e se não buscarmos um equilíbrio, e só quisermos pontuar o lado bom do que nos acontece somente “quando ganharmos na loteria ou algum prêmio”, ou quando houver nascimento na família, estaremos fadados a uma vida mais ordinária que real, pois eventos assim, não acontecem com a frequência necessária para esperarmos eles acontecerem para pontuarmos “vitórias”.

A vitória acontece hoje. Você está lendo este texto? Então você acordou e tem mais um dia novinho para fazer melhor. Para ser “esta pessoa no caderno de alguém”. Agradeça. Seja gentil. Ofereça algo inusitado a alguém do seu lado. Abrace com vontade. Sorria de verdade. Segure a porta do elevador. Busque motivos para ter o que apontar à noite. Muitas satisfações que oferecemos ao próximo (se não todas) respingam em nós mesmo e isto é sensacional por natureza.

O “será que você consegue” acima foi provocativo, porque é óbvio que isto está ao alcance de todos. Vamos começar? E aos pessimistas de plantão uma dica: quase sempre é muito cedo para ser tarde demais.

Um lindo final de semana,

Avatar

Ana Luiza Alves Lima

Nascida em Santos, São Paulo, Brasil. Advogada e Consultora na Gestão de Pessoas em São Paulo – SP, Brasil. Formação: Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Santos (UniSantos-SP); Pós-graduado em Gestão de Seguros (Fundação Getúlio Vargas – FGV-SP); Consultora do Serviço Nacional do Comércio (SENAC para cursos livres e de pós graduação) e Administração de Recursos Humanos, pelo SENAC/SP. Membro da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção de São Paulo e da Associação dos Advogados de São Paulo.

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.