Coaching

O Traço De Personalidade E A Gestão De Carreira Do Profissional

traço

Ser mais extrovertido, ou introvertido, usar mais o pensamento, ou o  sentimento para tomar as decisões. Como é a sua postura frente ao mundo? Você usa mais o julgamento, ou a percepção. Estes pontos fazem parte do processo de identificação do traço de personalidade de cada um de nós.

O importante deste tema  é conhecer exatamente aquilo que você gosta e o que atrai o seu interesse e atenção. Este conhecimento lhe trará  maior satisfação e interesse, tanto em sua vida pessoal, quando em sua vida profissional.

A personalidade é o padrão típico de comportamento de uma pessoa, frente ao ambiente que o rodeia. Na teoria de visitada (CHIAVENATO, 2012, p .97), estão descritos cinco tipo básicos de personalidades dominantes, sendo estes:

a)     Extrovertido: sociável, gregário, caloroso, assertivo e ativo ;

b)    Agradável: cortes, confiável, flexível, franco e emotivo;

c)     Consciente: cuidadoso, perfeccionista, trabalhador, ambicioso, perseverante;

d)    Neurótico: ansioso, deprimido, irritadiço, complicado;

e)     Aberto a experiência: original, imaginativo, criativo, curioso, ousado.

Cada um destes fatores é variável de pessoa para pessoa e segue deste, a ausência de uma delas, até a concentração forte de outra.

O que interessa para um profissional é analisar alguns traços de sua personalidade predominante e conhecer as suas características, deste modo poderá melhor utilizá-los a favor de seu desenvolvimento de carreira.

Existe uma série de testes que avaliam a personalidade. Os modelos mais usuais são: o inventário e o questionário de personalidade. O MMPI (Minnesota Multiphasic Personality Inventory) e o MBTI (Myers Briggs TypeIndicator) estão entre os mais utilizados, para avaliar a personalidade. Este último foi elaborado a partir da teoria de Carl Gustav Jung e busca identificar o tipo de personalidade  por meio de elementos dicotômicos, como: o mundo favorito (extrovertido X introvertido), informação (sensação X intuição), decisão (pensamento X sentimento), estrutura (julgamento X percepção).

Quanto maior o conhecimento dos traços predominantes de personalidade, maior as changes do profissional orientar sua carreira, seja apontando para cargos que demandem tal personalidade, seja buscando desenvolver traços importantes para estes cargos, caso ainda não possua.

Por exemplo: Se temos um profissional que é reservado, tem tendência natural para pensar e trabalhar sozinho, tem poucos amigos, dificilmente passa de uma atividade para outra,  ele não terá os traços de personalidade necessário para assumir um cargo de liderança de uma equipe. Em contrapartida, poderá ser bem sucedido em uma carreira técnica e de desenvolvimento de pesquisa que possa favorecer o seu crescimento e boas entregas para a empresa a qual trabalha. Melhor sucedido estará em empresas que possuam a chamada progressão de carreira com formato Y.

Estas análises, quando trianguladas com outras ferramentas em um processo de coaching, contribuem para um mapeamento correto de uma carreira. Assim, o profissional poderá ganhar tempo focando naquilo que realmente é factível de ser conquistado.

 CHIAVENTO, Idalberto. Escolha seu futuro: como definir e construir o seu caminho. Barueri. São Paulo: Manole, 2012

Ana Paula Arbache

Ana Paula Arbache

Pós-doutora em Educação pela PUC/SP. Doutora em Educação pela PUC-SP. Mestre em Educação pela UFRJ. Certificada pelo Massachusetts Institute of Technology/MIT- Challenges of Leadership in Teams (2015), Leading Innovative Teams (2018). Docente dos cursos de MBA e Pós MBA da Fundação Getúlio Vargas. Orientadora e avaliadora de trabalhos de pós-graduação. Sócia Diretora da Arbache Innovtions, responsável pelas ações de Gestão de Pessoas, Liderança, Governança Corporativa, Sustentabilidade Ética, Social e Ambiental e Elaboração e Aplicação Jogos de Negócios. Pesquisadora e autora das obras: A Educação de Jovens e Adultos Numa Perspectiva Multicultural Crítica (2001), Projetos Sustentáveis Estudos e Práticas Brasileiras (2010), Projetos Sustentáveis: Estudos e Práticas Brasileiras II (2011), Sustentabilidade Empresarial no Brasil: Cenários e Projetos (2012), A crise e o impacto na carreira (2015), O RH Transformando a Gestão – Org. (2018). Certificação em Coaching e Mentoring de Carreira para Executivos. Mentora do Capítulo PMI/SP. Curadora e Colunista do blog arbache.com/blog e Página Mundo Melhor de Empoderamento Feminino Arbache innovations. Fundadora do Coletivo HubMulheres. Palestrante em encontros nacionais e internacionais.

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.