Gestão de Pessoas

O Suco de Maçã da Ades do Lote AGB25 Vira a “maça da Bruxa”

maça

Dos imaginários dos contos de fadas e da imagem da novela das nove, o que se viu nos jornais e redes sociais nos últimos meses, foi a associação direta entre a imagem da caixa de suco de maçã AdeS, ou mesmo a sugestão do líquido referente ao suco, e imagens que em nada lembram a vida saudável, a qual as campanhas do suco preconizam (nas redes sociais as imagens associam o suco ao “dia da faxina”, a maçã envenenada, ao líquido venenoso utilizado pela vilã da novela das nove).

Desde que a notícia de contaminação no processo produtivo, do referido Lote (AGB25 ) e suco de maça veio á tona, a Unilever no Brasil reconhece seus erros e pede desculpas aos seus consumidores. Além disso pagará multas que podem chegar a oito milhões de reais e coloca 15 Anos de história e reputação corporativa nas manchetes e redes sociais.

Dor, náusea, diarreia, gosto estranho na boca, sensação de queimação no estômago, alteração na cor dos lábios, são alguns dos sintomas apresentados por cerca de 14 consumidores que ingeriram o suco do lote contaminado. Conforme informou o Presidente da Unilever no Brasil “ocorreu o envase de 96 unidades de suco AdeS, com uma solução de soda cáustica foi resultado de uma combinação de falha humana e mecânica que durou 80 segundos” (Fernando Fernandes, Folha de São Paulo, p. C3, 15.03.2013).

Além de tomadas as medidas necessárias para o recolhimento das embalagens com o suco contaminado, a Unilever comunicou e assistiu os consumidores e para isto triplicou o staff do SAC, como também buscou implementar novas medidas no processo de fabricação, entre estas o aumento da quantidade de amostras no processo de fabricação. Mas só isto basta?

E o fator humano, visto que o “a falha’ foi decorrente também de “falha humana”? Qual o tipo de ação que envolverá os profissionais inseridos neste processo? Qual a relação entre a ação do profissional e uma ação que coloca em risco a reputação de uma empresa? Esta pergunta pode ser respondida com apenas duas palavras: educação e comprometimento. É preciso capacitar e desenvolver os profissionais, abordar os riscos que envolvem o processo aos quais estão envolvidos e como mitigar estes riscos.

Outro ponto, os profissionais capacitados devem compartilhar de um valor corporativo, chamado comprometimento com a política de governança da empresa. É preciso que as empresas apresentem seus valores ao seu púbico de relacionamento, monitore e avalie o entendimentos dos mesmos e avalie o nível de maturidade do seu público frente a estas políticas. Não é algo fácil, rápido e de resultado imediato, faz parte de um programa de médio e longo prazos e demanda da empresa empenho e dedicação na implementação de tais políticas.

 

Ana Paula Arbache

Ana Paula Arbache

Pós-doutora em Educação pela PUC/SP. Doutora em Educação pela PUC-SP. Mestre em Educação pela UFRJ. Certificada pelo Massachusetts Institute of Technology/MIT- Challenges of Leadership in Teams (2015), Leading Innovative Teams (2018). Docente dos cursos de MBA e Pós MBA da Fundação Getúlio Vargas. Orientadora e avaliadora de trabalhos de pós-graduação. Sócia Diretora da Arbache Innovtions, responsável pelas ações de Gestão de Pessoas, Liderança, Governança Corporativa, Sustentabilidade Ética, Social e Ambiental e Elaboração e Aplicação Jogos de Negócios. Pesquisadora e autora das obras: A Educação de Jovens e Adultos Numa Perspectiva Multicultural Crítica (2001), Projetos Sustentáveis Estudos e Práticas Brasileiras (2010), Projetos Sustentáveis: Estudos e Práticas Brasileiras II (2011), Sustentabilidade Empresarial no Brasil: Cenários e Projetos (2012), A crise e o impacto na carreira (2015), O RH Transformando a Gestão – Org. (2018). Certificação em Coaching e Mentoring de Carreira para Executivos. Mentora do Capítulo PMI/SP. Curadora e Colunista do blog arbache.com/blog e Página Mundo Melhor de Empoderamento Feminino Arbache innovations. Fundadora do Coletivo HubMulheres. Palestrante em encontros nacionais e internacionais.

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.