Liderança

Formando Equipes Criativas – A Caminho da Inovação

O que empresas como Uber e Waze tem em comum? A criatividade em inovar e gerar disrupção no mercado. Ser criativo e inovador, é uma condição de sobrevivência das empresas em um mundo dinâmico e sedento por novas experiências.

Como estimular a criatividade?

A criatividade requer uma mudança nas pessoas ou na liderança das equipes. Estimular a participação de todos, implementar gestão pela diversidade e gestão por competências tendem a aumentar a capacidade da equipe de criar e inovar.
Quando um pessoa ou uma equipe, cujo trabalho se dá em um ambiente de pressão e estresse a fim de obter resultados, fazem um bom trabalho, mas não são reconhecidos, sua criatividade tende a se inibir e, naturalmente, a busca por novos caminhos e soluções diminui consideravelmente. Uma vez que a liberdade criativa foi afetada, tanto as pessoas quanto o grupo certamente irão se manter na direção do “tradicional”. Se há pressão é porque algo falhou e isso precisa ser modificado. Assim sendo, buscar novas formas de fazer o trabalho pode ser uma solução.

__________________________________

A gestão pela diversidade e por competências tendem a aumentar a capacidade da equipe de criar e inovar

__________________________________

Quando um líder, sob pressão, gerencia uma equipe, ele pode gerar conflitos e falta de estímulo, caso não busque a integração e respeito aos indivíduos. O conflito pode se dar também pela diversidade de pensamento entre as pessoas, uma vez que existem ideias e visões diferentes a respeito de um mesmo ponto. No entanto, as opiniões divergentes, muitas vezes, podem ser o caminho da inovação, pois a diversidade, tanto cultural, quanto de ideias, pode ser o combustível para a geração do novo. Portanto, valorizar a diversidade e direcioná-la rumo à “convergência de ideias” é um caminho a ser tomado por líderes que buscam o crescimento da equipe.
Portanto, para enxergar além, agregue pessoas diferentes e perceberá o novo, com muito mais clareza.

Fernando Arbache

Fernando Arbache

Mestre em Engenharia Industrial PUC/Rio. Independent Education Consultant working with MIT Professional Education. Graduado em Engenharia Civil, UFJF. Data and Models in Engineering, Science, and Business/MIT, Cambridge, MA (USA). Challenges of Leadership in Teams/MIT, Cambridge, MA (USA). Data Science: Data to Insights/MIT, Cambridge, MA (USA). AnyLogic Advanced Program of Simulation Modeling/Hampton, NJ (USA). Experiência Acadêmica: Educational Consultant working with MIT. Instructor in Digital Courses at MIT Professional Education in Digital Transformation and Leadership in Innovation. Atuou cimo coordenador da FGV em cursos de Gestão. Atuou como professor FGV, nas cadeiras e Logística, Estatística, Gestão de Riscos e Sistemas de Informação. Professor da HSM Educação, IBMEC e FATEC. Livros escritos: ARBACHE, F. Gestão da Logística, Distribuição e Trade Marketing. São Paulo: Ed. FGV, 2004. ARBACHE, F. Logística Empresarial. Rio de Janeiro: Ed. Petrobras, 2005. ARBACHE, A. P. e ARBACHE, F. Sustentabilidade Empresarial no Brasil: Cenários e Projetos. São José do Rio Preto- SP: Raízes Gráfica e Editora, 2012. Pesquisa: Desenvolvimento de modelos de mapeamento de Competências Comportamentais e Técnicas, por meio de gamificação com uso de Inteligência Artificial, utilizando Deep Learning e Machine Learning (http://www.arbache.com/mobi). Programa de Inovação com 75 cooperativas de diversas áreas de atuação e aproximadamente 500 participantes, com Kick-off no MIT PE (http://www.arbache.com/inovacoop). Desenvolvimento de Inteligências nos dados e métricas - Big data e precisão nas tomadas de decisões na gestão de pessoas. Experiência Profissional: CIO (Chief Innovations Officer) da empresa Arbache Innovations especializada em simulação, inovação com foro em HRTech e EduTech – empresa premiada no programa Conecta (http://conecta.cnt.org.br) como uma das 5 entre 500 startups mais inovadoras da América Latina. Acelerada pela Plug&Play (https://www.plugandplaytechcenter.com) em Sunnyvale, CA – Vale do Silício entre novembro e dezembro de 2018. Desenvolvimento de parceria com o MIT – Massachusetts Institute of Technology para cursos presenciais e digitais – http://www.arbache.com/mitpe, https://professional.mit.edu/programs/digital-plus-programs/who-we-work & https://professional.mit.edu/programs/international-programs/who-we-work

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.