Arbache Indica Carreira Coaching Educação Estratégia Geral Mentoring

A importância do estado desejado para uma boa formulação de objetivos

Uma das coisas que mais percebo, como bastante desafiadora para a maioria dos meus coachees é: saberem exatamente onde querem chegar. Muitas vezes no processo de coaching, isso pode levar até mais de cinco encontros para elucidar totalmente essa questão. Um coach mais atento perceberá quando finalmente o seu coachee definiu as evidências claras de que o seu objetivo está plenamente alinhado com seu Estado Desejado (ED), pois é exatamente isso que fará sua motivação intrínseca crescer e gerar auto-engajamento.

Sabemos que, para uma boa formulação de objetivos, é necessário que o objetivo seja iniciado e controlado pelo próprio coachee; para que ele possa saber, em termos de evidências, se está indo no caminho certo; que evidências terá de quando tiver atingido seu objetivo; as clássicas questões: (Onde? Quando? e com quem se quer isso? E: onde? quando? e com que não se quer isso?); quais os recursos internos e externos são necessários para atingir o objetivo e, finalmente a operação (plano de ação – como vai chegar e qual é o primeiro passo?).

O que muitas vezes não está claro para o coachee é, o claro sentimento do seu Estado Desejado (ED), pois o estado terá muito mais influência na motivação e engajamento, do que mesmo os objetivos quantitativos. Para ROBBINS, Tony (2018, p.51), “Entender estados é a chave para entender mudanças e conseguir excelência. Nosso comportamento é o resultado do estado em que estamos. Sempre fazemos o melhor que podemos, com os recursos que dispomos, mas, algumas vezes, nos encontramos sem estados sem recursos”.

Dessa maneira, um habilidoso coach irá acompanhar seu coachee na busca do seu Estado Desejado, levando-o a refletir também na sua ECOLOGIA*. Perguntas importantes precisam ser bem formuladas para o coachee, como: “O que você gostaria de sentir?”; “Quem mais você gostaria que estivesse com você quando atingir seu objetivo?”; “De que forma este objetivo poderá afetar as pessoas mais importantes da sua vida?”; “O que você gostaria de estar fazendo com seus familiares e as pessoas que você ama?”; “De que maneira o objetivo desejado afetará sua vida?”; “Como estará as demais áreas de sua vida”?, etc.

Recentemente umcoachee que acompanhei em um processo de recolocação, teve uma experiência no seu último emprego, que não foi positiva em termos de relacionamento com seu superior. Ele experimentou por mais de 02 anos um contexto de muito conflito e desentendimento, sem reconhecimento, sem resultados desejados, esgotamento físico e mental, e no final de tudo resultou em sua demissão. Essa experiência ficou tão forte em seu inconsciente, que percebi que possivelmente ele não estava engajado nas suas ações da trilha de recolocação, porque talvez estivesse inconscientemente “caminhando” para um Estado não Desejado. Algumas afirmações dele, como:  “todas as empresas são difíceis” e “todos os líderes não são confiáveis”, mostravam que essa generalização era possivelmente reflexo do seu estado interno. Dessa maneira foram necessárias mais duas sessões adicionais, para que essa experiência não continuasse influenciando negativamente o seu desempenho.

Assim, a chave para “antever” o Estado Desejado, em termos sensoriais e, finalmente levar o coachee ao completo engajamento e motivação interna é: representar tais coisas para si, de uma maneira a colocá-lo em um forte estado de recursos internos. Desse modo o mesmo poderá se sentir fortalecido ao experimentar o seu futuro em seu Estado Atual. Uma vez que ele se sinta pleno de recursos e sabendo que nada mais pode impedi-lo de alcançar o que deseja, ele estará livre para fazer as próprias escolhas. Finalmente, não terá receio dessa máxima: “Cuidado com seus sonhos e desejos, eles podem se tornar realidade”.

* ECOLOGIA em PNL é um termo usado, que na prática, significa saber de que maneira o objetivo desejado afetará a vida de uma pessoa; se poderá trazer problemas, se afetará pessoas importantes de sua vida, se pode machucar alguém, o que pode ganhar, perder ou manter, etc.)

Fábio Batista

Fábio Batista

Fábio Batista é Administrador de empresas formado pela UFPE; Especialista em Desenvolvimento Humano de gestores pela FGV/SP e especialista em Gestão Estratégica de Negócios pela UFPE. Professor Universitário de liderança e Coaching na Estácio; Coach; Palestrante; Consultor de treinamento e desenvolvimento. Idealizador da MATCH consultoria e coaching; certificado pela Nexialistas Consultores em formação estratégica e tática em T&D; Analista Comportamental pela HRTools; Personal & Professional Coach e Leader Coach pela SBC e Practitioner em PNL pela SBPNL. Foi por mais de 20 anos líder em âmbito regional e nacional de multinacionais farmacêuticas como Roche e Bayer.Parceiro Arbache innovations

1 Comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Acabei de ler um artigo da lavra de um indivíduo que sabe do que está falando! Seu conhecimento impacta e elucida com simplicidade e com clareza como estabelecer e alcançar objetivos ! Parabéns Fábio!