Cotidiano

A TAL EDUCAÇÃO DA SENSIBILIDADE…

 

Reconheço que existem pessoas inteligentíssimas e com habilidades incríveis, que batalharam muito para alcançarem níveis diferenciados da média comum, sendo este empenho digno de aplauso.

Entretanto, alguns se preocupam com a “performance” só que não aplicam a tal da “educação da sensibilidade”…Acredito na extrema importância desta sensibilidade, que torna tudo que conhecemos, vemos ou acreditamos mais augusto, mais especial, e portanto, distinto a ponto de nos tornarmos memoráveis.

O conhecimento, ao meu ver, é aquela ferramenta que nos capacita e nos dá meios melhores para viver…Já a sensibilidade nos dá muito mais: nos dá a razão de viver!

As coisas mais importantes da vida não são coisas! Lembrem-se disto antes de se precipitarem em discursos intermináveis, julgamentos da letra fria de palavras sem carga emocional equivalente; do abraço político, do olhar distante e ou da rispidez irônica e sarcástica! Julgar-se superior a quem ouve é cometer muitos erros numa infelicidade só!

É a atenção que faz sucesso no dia a dia!

Ver e observar uma criança brincar, se descobrir, encher de indagação espantosa e admirada por qualquer ato ou objeto? Fantástico! Conseguir ser esta criança em qualquer idade? Mais maravilhoso ainda, e diria até que revelador! Te capacitará a ser mais criativo… ou no mínimo, menos enfadonho!

Aprender a ver, não só enxergar, aprender a utilizar as palavras para que o dia dos outros fiquem ou se tornem mais ricos, ou menos sombrios… fazer com que qualquer pessoa se sinta melhor só com sua presença causa transbordamento da substância de que é feita a alma da gente…. Não sabe que substância é essa?? Então precisa praticar mais!!! Fome e sono podem causar alteração de humor em muita gente…. mas creiam: um ser insensível, indiferente e incapaz de se emocionar e sensibilizar-se com as vicissitudes da vida, perde momentos que deveriam ser de riquíssimo bem estar para ele próprio…. sempre dará tempo de mudar! Não conseguem localizar esta veia dentro de si sozinhos? Opa! Peça e aceite ajuda!

E para finalizar é imperativo dizer que a sabedoria não vem automaticamente com a idade… nada vem! E quem for parafrasear sobre vinhos, lembrem-se que alguns vinhos até melhoram com o tempo, mas apenas se as uvas eram boas em primeiro lugar! A.d.o.r.o esta frase!!!

Um grande beijo em todos,

Ana Luiza

“Habilidade só se ganha fazendo.” (Ralph Waldo Emerson)

Ana Luiza Alves Lima

Nascida em Santos, São Paulo, Brasil. Advogada e Consultora na Gestão de Pessoas em São Paulo – SP, Brasil. Formação: Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Santos (UniSantos-SP); Pós-graduado em Gestão de Seguros (Fundação Getúlio Vargas – FGV-SP); Consultora do Serviço Nacional do Comércio (SENAC para cursos livres e de pós graduação) e Administração de Recursos Humanos, pelo SENAC/SP. Membro da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção de São Paulo e da Associação dos Advogados de São Paulo.

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Entre em contato conosco

 

Mensagem enviada com sucesso

Em breve retornaremos o contato.

◄ Voltar

Outros projetos da Arbache Tec

Telefone para contato
+55 11 97289-0180
Nosso e-mail
contato@arbache.com
Todos os direitos reservados @arbache 2017