Cotidiano

Sobre Fragilidades e o Curto Tempo de Reações

Vector illustration of silhouette of girl blowing to dandelion

Sobre Fragilidades e o Curto Tempo de Reações

Curioso ouvir alguém dizer: “fulano é meio gangster”…. ou “estou meio chateada”… isso não existe! Tal e qual a gravidez, existem situações em que são/estão ou não são/não estão… e a fragilidade da vida é um fato absoluto.

Um dia estamos bem, sorrindo, e vivendo cheio de gerundismos até que a vida dá uma soprada mais veemente e o atual se torna ex, o provável se torna não, o certo, dá errado, e a vida parece entrar numa suspensão surda e intermitente em que qualquer barulho incomoda o necessário silêncio.

Os problemas se tornam pequenos diante  daquele sobressalto, daquela inquietação que pode nos assolar vez ou outra. Difícil sair no momento do impacto, e aquela situação aparentemente controlável e contornável engata num passo dentro de uma areia movediça exótica e lenta… e apesar da “areia movediça” ser um fenômeno natural, é sabido que quando acontece conosco, ela parece de fato que irá nos sufocar por completo, e quem se importa se é natural ou não, queremos é nos livrarmos deste mal estar absoluto e paralisante. E aí? O que dizem os cientistas? Ao contrário do que assistimos em filmes, não devemos nos agarrar em nada externo para sairmos deste pesadelo, pois nosso corpo dentro de uma areia movediça equivale ao peso de um carro médio, e essa conta não fechará, nem nos salvará. Ao contrário, devemos não nos movimentarmos, assim o corpo conseguirá flutuar, pois quanto mais nos debatermos, mais afundaremos, e quanto mais nos imobilizarmos, mais cedo flutuaremos devido a nossa densidade. E qual a lição disto tudo?

Paciência, paciência, paciência! Difícil num momento de crise: (1) enxergar a dimensão do problema; (2) avaliar possibilidades; e (3) ter a paciência para reverter a questão, por isso, desejo a todos que transformem esses momentos com ousadia, discernimento e muita flexibilidade.*

*texto escrito em 2012

Leia também: Sorte ou Azar?

 

Ana Luiza Alves Lima

Nascida em Santos, São Paulo, Brasil. Advogada e Consultora na Gestão de Pessoas em São Paulo – SP, Brasil. Formação: Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Santos (UniSantos-SP); Pós-graduado em Gestão de Seguros (Fundação Getúlio Vargas – FGV-SP); Consultora do Serviço Nacional do Comércio (SENAC para cursos livres e de pós graduação) e Administração de Recursos Humanos, pelo SENAC/SP. Membro da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção de São Paulo e da Associação dos Advogados de São Paulo.

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Entre em contato conosco

 

Mensagem enviada com sucesso

Em breve retornaremos o contato.

◄ Voltar

Outros projetos da Arbache Tec

Telefone para contato
+55 11 97289-0180
Nosso e-mail
contato@arbache.com
Todos os direitos reservados @arbache 2017