Gestão de Pessoas

Seja uma liderança capaz de solucionar problemas complexos

É comum nos vermos diante de problemas complexos no dia a dia de trabalho e não saber como solucioná-los. Para um líder ter sucesso nessas condições, é preciso ter boa capacidade analítica, conhecimento e trabalho em equipe.

O Fórum Econômico Mundial, em seu relatório “O futuro do trabalho”, listou 10 competências necessárias para os profissionais no futuro. Uma delas é a capacidade de solucionar problemas complexos. Segundo o Fórum, 50% de todos os trabalhadores do mundo precisarão se requalificar em uma ou mais habilidades como essa até o ano de 2030.

Os problemas complexos geralmente estão além de uma compreensão imediata e simples e provocam divergências nas organizações acerca de suas causas e de como resolvê-los. Essas resoluções requerem análises profundas sobre as dificuldades envolvidas e a colaboração de profissionais para a formação de uma visão ampla sobre o problema. 

Problemas complexos exigem que os profissionais saiam da sua zona de conforto e consigam pensar em processos novos para chegar a uma solução. As ações tomadas no dia a dia para solucionar problemas comuns e rotineiros nem sempre são eficientes nesses casos. E é papel da liderança contribuir para que sua equipe tenha os conhecimentos, o mindset e as soft skills necessárias para vencer desafios complexos.

A visão sistêmica é uma competência que contribui imensamente. Ela é essencial na identificação de diferentes aspectos do problema e de variáveis envolvidas em cada solução pensada, auxiliando na formulação de hipóteses e na tomada de decisões assertivas. Nem todos os profissionais nascem com ela, mas não quer dizer que não possa ser desenvolvida com o tempo! 

É muito importante que as empresas e lideranças trabalhem as competências de suas equipes, para que elas possam contribuir com ideias criativas e soluções inovadoras. Saber solucionar problemas complexos é uma das soft skills mais valorizadas e requisitadas atualmente, e isso tem um motivo claro.

O mundo passa por mudanças cada vez mais rápidas, e isso afeta também as empresas, que veem o ciclo de vida de produtos e os prazos para desenvolvimento de projetos serem cada vez mais curtos. Os avanços tecnológicos e o aumento da complexidade nas relações interpessoais e nos hábitos de consumo das pessoas, entre outros fatores, fazem com que novos problemas sejam enfrentados continuamente pelas empresas.

As incertezas trazidas por esses desafios exigem novas abordagens por parte dos profissionais, que precisam pensar com rapidez e assertividade nas soluções. Caso isso não ocorra, as entregas podem já não estar mais alinhadas às necessidades, desejos e expectativas de seus clientes e dos stakeholders do seu negócio. Portanto, a capacidade analítica também se faz essencial.

Problemas complexos e o mercado de trabalho

Os profissionais que possuem a capacidade de solucionar problemas complexos são muito valorizados no mercado, por agregarem muito às suas organizações. Fazer o que eles fazem não é uma tarefa fácil: exige criatividade, inteligência emocional, pensamento estratégico, autoconfiança e foco. Da mesma forma, os líderes que conseguem formar equipes com essas habilidades levam suas empresas mais longe e têm mais sucesso.

A aplicação dessa soft skill pode ser complicada, mas não é impossível. Ela requer que o profissional use e abuse do pensamento lógico, estimule a criatividade diariamente, crie relacionamentos com pessoas de perfis e culturas diferentes e estude sobre as tecnologias, novas soluções e outras novidades da sua área de atuação. Lembre-se: conhecimento nunca é demais!