Empreendedorismo e Inovação Mercado

Qual é a Realidade Atual da Logística Brasileira? De Que Maneira Ela Atende a Todas as Demandas do Agronegócio? Parte II

Por Prof. Fernando Saba Arbache

Sabemos que os agricultores têm enfrentado problemas para escoamento da produção tanto em rodovias quanto em portos e aeroportos do Brasil. Como solucionar esses entraves?

O Brasil precisa de conceder para a iniciativa privada não apenas a exploração, mas também a construção de novas rodovias, ferrovias e portos, podendo serem estes através de PPP (Política Público Privada). Apenas conceder o que já existe não atenderá as necessidades de curto, médio e longo prazo do Brasil, pois é sabido que o governo não possui capacidade de atender tais necessidades. Outro ponto a ser melhorado a curto prazo seria a construção de silos, pois com o aumento da capacidade de armazenagem, pode-se organizar melhor o envio dos grãos para os portos.

Devido a falta de silos, onde no Brasil chegam a aproximadamente 80% da safra, é necessário escoar a produção imediatamente após ser colhida, pois caso não o faça, não há lugar para estocar. Este fator gera o aumento de tráfego pontual nas estradas e em portos, maximizando perdas e atrasos. Ao colocar parte da produção em silos, pode-se organizar e otimizar melhor o processo de escoamento, reduzindo perdas e evitando quebra de contratos.

– Para o Brasil continuar no topo em termos de exportação em agricultura, quais são os investimentos do Governo Federal em rodovias, ferrovias, portos e aeroportos do País?

O Brasil terá que investir aproximadamente 2,5 trilhões de reais adicionais nos próximos 25 anos para alcançar investimentos no setor de 4% do PIB, o que dobraria os níveis de investimentos atuais, que são de aproximadamente de 2% do PIB. Este é o mínimo necessário para destravar e modernização a infraestrutura brasileira. De acordo com o Instituto de Logística e Supply Chain (Ilos) são aproximadamente 985,4 bilhões de reais a defasagem entre a infraestrutura de transporte do Brasil e a dos Estados Unidos, que é o maior produtor de grãos do planeta. De acordo com World EconomicForum, a oferta de infraestrutura é o principal obstáculo para se fazer negócios no Brasil.

– De que maneira uma boa logística  pode viabilizar a expansão do agronegócio brasileiro?

A falta da infraestrutura gerou atrasos no transporte de soja que culminou no cancelamento, pelo grupo chinês Sunrise, quase 2 milhões de toneladas de soja do Brasil. Este é um problema real que vem ocorrendo, e que prejudica a produção agrícola do país. Ao solucionar a infraestrutura, o país passa a cumprir com seus contratos, o que gera mais estabilidade jurídica, minimizando tais problemas. A quebra de contrato gera descredibilidade, o reduzindo a procura de importadores na compra de commodities brasileiro.

Referências Bibliográficas:

http://www3.weforum.org/docs/WEF_GlobalCompetitivenessReport_2013-14.pdf

http://siteresources.worldbank.org/TRADE/Resources/239070-1336654966193/LPI_2012_final.pdf

http://www.fao.org/home/en/

Fernando Arbache. Professor da FGV, HSM e FDC. Pesquisador em logística e simulação. Estudos realizados no ITA em Infraestrutura Aeronautica e Aeroportos. Coordena envio de alunos brasileiros para cursos no MIT. Diretor de inovação da Oghnus.