Gestão de Pessoas

Empatia: característica imprescindível para a boa liderança

A empatia é uma das principais qualidades de um líder e deve ser trabalhada sempre. Ela nos permite lidar com problemas interpessoais e dificuldades em nosso dia a dia e ajuda a criar relacionamento saudáveis e produtivos em nossos times.

Independentemente da área do mercado de trabalho em que atuamos, precisamos saber que vamos atuar com pessoas com perfis completamente distintos dos nossos. São profissionais com valores, conhecimentos, visões de mundo, habilidades e expectativas divergentes, com quem precisamos nos relacionar para atingir nossos objetivos. Para que essas relações complexas sejam positivas, a empatia é fundamental.

Existem muitas definições de empatia, mas podemos interpretá-la como a capacidade de se colocar no lugar do outro para entender seus sentimentos, visões, opiniões, etc. Com essa descrição, fica muito claro que ela é importantíssima para líderes e gestores de pessoas, que precisam conseguir “ler” os sinais de seus colaboradores, ajudá-los diante de dificuldades e conduzi-los em busca de metas.

A empatia é impulsionada pela consciência social e pela capacidade de entender o meio no qual nos inserimos. Para desenvolvê-la, as lideranças devem buscar interações sociais de forma aberta, demonstrando disposição a se conectar com as pessoas, suas características e suas realidades. Isso permitirá também conhecer seus clientes e criar produtos e serviços alinhados às suas reais necessidades.

A empatia na gestão de equipes de um negócio

Líderes empáticos são capazes de se comunicar com maior precisão e transmitir informações com maior assertividade. Conseguir dar feedbacks claros e orientar os seus liderados, alinhando-os ao melhor planejamento possível para o time é muito importante. Isso também permite que o líder entenda o que motiva seu time, para promover o trabalho em sintonia e fazer boas entregas.

E, tão importante quanto fomentar a empatia na equipe, é ter coerência em suas ações. Um colaborador dificilmente acreditará e confiará em seus líderes se suas atitudes forem dissociadas do discurso de se colocar no lugar do outro para compreendê-lo. O líder empático lidera sendo um exemplo para os demais integrantes do time

Ter uma equipe continuamente motivada e produtiva não é fácil, e empatia é uma grande aliada neste processo. No fim, o resultado é humana e profissionalmente recompensador. Acredite no potencial da empatia para fazer seus projetos, negócios e a sua organização se destacarem no mercado. Ela permite que líderes extraiam toda a capacidade de seus times, entendendo suas ambições, e façam as melhores entregas aos clientes, conhecendo seus desejos e necessidades.

Empatia e inovação

Pode não parecer óbvio, mas a empatia aumenta de forma considerável a produtividade de todos e permite que seja explorado todo o potencial da diversidade. Esse é um fator crucial para a inovação, que requer pessoas, visões e habilidades diversas para romper com padrões e entregar algo novo ao mercado. A empatia nos torna mais humildes e ajuda a equipe a unir conhecimentos para tomar as decisões mais assertivas.

A empatia aumenta a interação e fortalece o trabalho em equipe. Com isso, torna-se mais fácil se adaptar às novas demandas do mercado, às mudanças do mundo e às novas tecnologias, inclusive com a implementação de metodologias ágeis. Para inovar, é urgente que todos os membros da equipe tenham segurança para se expressar, dar ideias, trabalhar e debater abertamente, sem medo de julgamentos ou cometer erros. 

Pare e pense: você tem praticado a empatia no seu dia a dia? De que forma? O que você pode fazer para implementá-la mais fortemente em seus projetos e em sua equipe?

Criar uma cultura de empatia nas organizações deve ser um caminho sem volta, assim como a melhoria nos resultados decorrente dela. Portanto, comece a agir!