Geral Gestão de Pessoas

Construindo uma visão sistêmica para melhorar resultados

Para que uma empresa funcione bem, é necessário que procedimentos sejam colocados em prática e objetivos sejam estabelecidos com inteligência. Para isso acontecer, é preciso antes ter visão sistêmica.

A visão sistêmica é uma habilidade fundamental para que equipes e empresas operem em alto nível, mas muitas organizações têm dificuldades de desenvolvê-las em seus líderes. Na gestão, ela é a responsável por promover o entendimento do todo e a compreensão de todos os fatores e agentes envolvidos na atuação daquela organização. 

Sem uma visão sistêmica, torna-se muito mais difícil compreender riscos, oportunidades, erros e acertos de uma equipe ou empresa. Será que você possui essa competência tão importante para os negócios?

Conceito e importância

Como o nome deixa claro, a visão sistêmica é uma competência que nos permite ter uma visão completa de um sistema, ou seja, um conjunto de pessoas, processos ou organizações atuando em conjunto dentro de um mesmo contexto e com mesmo objetivo. Neste artigo, vamos falar sobre a visão sistêmica e sua importância para a liderança em organizações e negócios de diversos níveis.

A visão sistêmica nos faz entender os processos das empresas, as relações humanas dentro e fora dessa organização e os aspectos do mercado que afetam a sua operação. Essa visão do todo, conjuntural, é o que permite que líderes e demais profissionais consigam tomar decisões precisas e agir com maior assertividade em situações que exigem análise e envolvem riscos e incertezas.

É essencial que os líderes estejam preparados para lidar com situações diversas no dia a dia de trabalho e consigam tomar decisões, analisando os contextos e as melhores possibilidades. Eles devem aproveitar seus conhecimentos e habilidades para indicar o melhor caminho para suas equipes e traçar boas estratégias para seus times, áreas e negócios.

A visão sistêmica também é essencial para inovar, criar novas ideias e implementá-las. Com uma boa visão sobre as práticas e conceitos do mercado, é possível sair da caixa e enxergar novas oportunidades onde as pessoas não estão vendo. Serviços inovadores e diferentes dos já existentes nascem, muitas vezes, de insights sobre dores dos clientes que passaram batidas pelos concorrentes.

Benefícios de criar uma visão sistêmica em seu negócio

  1. Amplificação do conhecimento: a visão sistêmica é responsável por ajudar os profissionais a melhorar sua performance e contribuir cada vez mais com a equipe, ao agregar cada vez mais conhecimento.
  2. Rápida adaptação: a visão sistêmica auxilia no processo de adaptação a possíveis desafios que podem surgir e nos permite administrar melhor crises e conflitos interpessoais, gerenciando esses problemas com intervenções precisas.
  3. Identificação e correção mais rápida de possíveis erros: ao ver a empresa como um todo, torna-se mais fácil entender os pontos que precisam de melhoria, analisando riscos e avaliando as melhores estratégias e tomadas de decisão.
  4. Aumento de engajamento e motivação: a partir do momento em que o profissional entende a situação que a empresa se encontra, ele percebe o quanto o seu trabalho impacta o todo e passa a ter mais engajamento. A visão sistêmica facilita a integração entre pessoas, áreas e negócios e nos ajuda a entender as necessidades de cada um e ajudá-los mais assertivamente.
  5. Alinhamento de ideias e cultura organizacional: a visão sistêmica nos permite entender os pensamentos corretos para atingir nossas metas e alinhar todos os colaboradores, criando uma cultura mais sólida e produtiva.

Como desenvolver a visão sistêmica na sua organização?

Para construir uma visão sistêmica como parte do conhecimento dos seus colaboradores e de toda a organização, é preciso ter uma visão clara dos processos e fluxos do trabalho da empresa. Além disso, compreendendo as metas e estratégias da empresa, as pessoas passam a ter uma visão mais clara do todo e conseguem agir com mais precisão em suas atividades.

Seus colaboradores precisam estar envolvidos e engajados no processo de produção de seus produtos e serviços e entender as etapas de desenvolvimento, para dar sugestões, intervir para antecipar problemas fazer possíveis correções.