Gestão de Projetos

Competências e Desafios do Trabalho Em Equipe Em Gerenciamento de Projetos

projeto competências

Prof. Fábio Botteon

Nas últimas décadas a humanização do trabalho vem construir um direcionamento importante na visão do gestor em relação à dinâmica das relações humanas e o ambiente corporativo. Essa visão humanística corrobora a evolução das transformações ocorridas desde a sociedade industrial até a sociedade da informação, conhecimento e serviços.

Vivem-se, hoje, momentos de incertezas e aceleração dos processos de mudanças. Valores centrados em máquinas, edificações e materiais começam a dar lugar a valores centrados internos como: comprometimento no trabalho, nobreza das missões das empresas, ética, cidadania, responsabilidade social, qualidade de vida no trabalho e acima de tudo visão de futuro.

As organizações vivenciam um momento em que a globalização dos processos sedimenta uma nova realidade em seus clientes e os definem como pessoas da “era do conhecimento”. Esses indivíduos apresentam-se mais exigentes, esclarecidos, com novos hábitos (pro ex. o alto consumo no mercado virtual), em busca que independe do status social.

Sob esse olhar podemos salientar que além do preço, qualidade e marca o cliente, atualmente, está atento ao tempo e conteúdo como fatores de desenvolvimento e percepção de valor. Para que tempo e conteúdo seja um diferencial competitivo nas empresas é importante que se realize um excelente gerenciamento dos projetos nas organizações.

Sendo assim, lhe pergunto: O que significa gerenciar um projeto?

De acordo com o Guia PMBOK, o gerenciamento de um projeto é um processo que permeia desde o conhecimento, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto para atender aos seus requisitos. Esses requisitos estão reunidos em cinco grupos: iniciação, planejamento, execução, monitoração e controle e encerramento.

Ao observar esses cinco grupos no gerenciamento de projetos, pergunto novamente: Quais as principais competências das pessoas participantes das equipes de projetos?

O trabalho em equipe é um fator determinante na execução de projetos. Analisar a competências dos membros das equipes inicia-se com o conhecimento, esse é a primeira competência e fonte de riqueza intangível nos âmbitos da elaboração, gerenciamento e execução dos projetos. O conhecimento permeia todas as informações, procedimentos e processos envolvidos nos projetos.

Outra competência importante é o comportamento da equipe. Nele está envolvido a atitude (elemento de sustentação da competência), comprometimento, interesse, valores, crenças, expectativas, visão de mundo e motivação.

As habilidades para compor e gerir uma equipe se traduz na capacidade, produção de soluções e nas ações de entrega para o desafio de iniciar e concluir um projeto com êxito. Nesse momento faço nova pergunta: Quais os maiores desafios de um gestor de projetos?

Um gestor de projetos tem que reunir habilidades interpessoais, intragrupais e intergrupais como: liderança, comunicação assertiva, percepção, flexibilidade, inteligência cultural (inteligência técnica associada à emocional), capacidade de negociação, elaboração de orçamentos, organização, práticas e métodos.

Associado ao papel de gestor de projetos observa-se a função de gestor de pessoas que apresenta suas ações junto ao recrutamento e seleção, relações de trabalho, códigos de conduta, saúde e segurança ocupacional, a avaliação de desempenho, gestão de resultados, identificação e retenção de talentos

A gestão de pessoas nas empresas compreende um processo voltado ao fornecimento de recursos para se fomentar a humanização no trabalho e trazer responsabilidades e papéis bem definidos para o desenvolvimento de proprietários, presidentes, diretores, CEOs e gestores.

Finalizando saliento que gerenciar e executar projetos é uma função que envolve pessoas com o olhar voltado para uma estratégia corporativa consistente, que se faz necessária para produzir melhor desempenho e resultado, sendo assim uma alavanca na criação de vantagem competitiva sustentável para as organizações.