Geral

Competências, comportamentos e desempenho: conceitos chaves para as organizações e os recursos humanos do profissional do futuro (parte 2)

A ONU entende competências como a combinação de competências, atributos e comportamentos, que são orientados para um bom desempenho no trabalho. A organização indica que são as competências que ajudam a descrever como o trabalho será realizado (UNITED NATIONS CARRERS, 2020).
Do mesmo modo, a Universidade de Harvard aponta que competências são coisas que os indivíduos demonstram para serem eficazes em um trabalho ou função. Essas coisas incluem comportamentos utilizados para exercer esse trabalho (HARVARD HUMAN RESOURCES, 2020). Percebe-se, assim, que os comportamentos estão presentes em discussões em torno de competências, conforme esclareceremos abaixo.

Os comportamentos: referência de desempenho

As competências, com seu conjunto de atributos (conhecimento, habilidades e atitudes), se expressam por meio dos comportamentos, que são acionados quando os profissionais se deparam com situações reais de trabalho. Nesse caso, são os comportamentos que colocam as competências em ação, como indicam os apontamentos de Harvard (HARVARD HUMAN RESOURCES, 2020). Entende-se, portanto, que comportamentos são as competências em ação. Por isso, os comportamentos são importantes nessa discussão, uma vez que eles se relacionam diretamente com o que se espera de um profissional ao desenvolver a sua função: o desempenho. É aqui que o debate em torno de competências se une à discussão a respeito de comportamentos e desempenho.

Os estudiosos da área mostram que é possível medir competências por meio dos comportamentos aplicados em uma determinada função ou tarefa. Para Carbone et al (2016), os comportamentos são passíveis de observação e servem como referência para medir desempenho, ou seja, o que o profissional diz ou faz e que resulta em um bom ou mau desempenho. Sendo os comportamentos vistos desse modo, é viável gerar medidas e indicadores para avaliá-los. Para cada competência é possível descrever um indicador comportamental, ações ou comportamentos que evidenciem
uma competência na prática.

Esses indicadores servem de orientação para as organizações planejarem e definirem estratégias, tomarem decisões, recrutarem, promoverem e desenvolverem recursos humanos. Os resultados dessas medidas dão suporte para que haja compreensão e alinhamento entre a meta de desempenho esperada pela organização e a meta de desempenho a ser obtida pelos seus recursos humanos. Esse alinhamento é importante para trazer à tona a “tração” necessária para o alcance da meta esperada
pela organização, de modo que ela mantenha a sua sustentabilidade e competitividade no mercado em que atua (ARBACHE et. al., 2020).

Leia a primeira parte em: https://arbache.com/blog/profissional-do-futuro-2/

Acesse o canal da Arbache para saber mais sobre competências: https://www.youtube.com/arbacheinnovations

Fernando Arbache

Fernando Arbache

Mestre em Engenharia Industrial PUC/Rio. Independent Education Consultant working with MIT Professional Education. Graduado em Engenharia Civil, UFJF. Data and Models in Engineering, Science, and Business/MIT, Cambridge, MA (USA). Challenges of Leadership in Teams/MIT, Cambridge, MA (USA). Data Science: Data to Insights/MIT, Cambridge, MA (USA). AnyLogic Advanced Program of Simulation Modeling/Hampton, NJ (USA). Experiência Acadêmica: Educational Consultant working with MIT. Instructor in Digital Courses at MIT Professional Education in Digital Transformation and Leadership in Innovation. Atuou cimo coordenador da FGV em cursos de Gestão. Atuou como professor FGV, nas cadeiras e Logística, Estatística, Gestão de Riscos e Sistemas de Informação. Professor da HSM Educação, IBMEC e FATEC. Livros escritos: ARBACHE, F. Gestão da Logística, Distribuição e Trade Marketing. São Paulo: Ed. FGV, 2004. ARBACHE, F. Logística Empresarial. Rio de Janeiro: Ed. Petrobras, 2005. ARBACHE, A. P. e ARBACHE, F. Sustentabilidade Empresarial no Brasil: Cenários e Projetos. São José do Rio Preto- SP: Raízes Gráfica e Editora, 2012. Pesquisa: Desenvolvimento de modelos de mapeamento de Competências Comportamentais e Técnicas, por meio de gamificação com uso de Inteligência Artificial, utilizando Deep Learning e Machine Learning (http://www.arbache.com/mobi). Programa de Inovação com 75 cooperativas de diversas áreas de atuação e aproximadamente 500 participantes, com Kick-off no MIT PE (http://www.arbache.com/inovacoop). Desenvolvimento de Inteligências nos dados e métricas - Big data e precisão nas tomadas de decisões na gestão de pessoas. Experiência Profissional: CIO (Chief Innovations Officer) da empresa Arbache Innovations especializada em simulação, inovação com foro em HRTech e EduTech – empresa premiada no programa Conecta (http://conecta.cnt.org.br) como uma das 5 entre 500 startups mais inovadoras da América Latina. Acelerada pela Plug&Play (https://www.plugandplaytechcenter.com) em Sunnyvale, CA – Vale do Silício entre novembro e dezembro de 2018. Desenvolvimento de parceria com o MIT – Massachusetts Institute of Technology para cursos presenciais e digitais – http://www.arbache.com/mitpe, https://professional.mit.edu/programs/digital-plus-programs/who-we-work & https://professional.mit.edu/programs/international-programs/who-we-work

Ana Paula Arbache

Ana Paula Arbache

Pós-doutora em Educação pela PUC/SP. Doutora em Educação pela PUC-SP. Mestre em Educação pela UFRJ. Certificada pelo Massachusetts Institute of Technology/MIT- Challenges of Leadership in Teams (2015), Leading Innovative Teams (2018). Docente dos cursos de MBA e Pós MBA da Fundação Getúlio Vargas. Orientadora e avaliadora de trabalhos de pós-graduação. Sócia Diretora da Arbache Innovtions, responsável pelas ações de Gestão de Pessoas, Liderança, Governança Corporativa, Sustentabilidade Ética, Social e Ambiental e Elaboração e Aplicação Jogos de Negócios. Pesquisadora e autora das obras: A Educação de Jovens e Adultos Numa Perspectiva Multicultural Crítica (2001), Projetos Sustentáveis Estudos e Práticas Brasileiras (2010), Projetos Sustentáveis: Estudos e Práticas Brasileiras II (2011), Sustentabilidade Empresarial no Brasil: Cenários e Projetos (2012), A crise e o impacto na carreira (2015), O RH Transformando a Gestão – Org. (2018). Certificação em Coaching e Mentoring de Carreira para Executivos. Mentora do Capítulo PMI/SP. Curadora e Colunista do blog arbache.com/blog e Página Mundo Melhor de Empoderamento Feminino Arbache innovations. Fundadora do Coletivo HubMulheres. Palestrante em encontros nacionais e internacionais.

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.