Empreendedorismo e Inovação Sustentabilidade

Capítulo 6: Modelo De Retenção De Talentos Para Projetos Em Pequenas Empresas Focando a Geração Y

Livro: Projetos Sustentáveis Estudos e Práticas Brasileiras

Orga. Ana Paula Arbache

Editora: Editorama

São Paulo – Ano 2010

Capítulo 6: Modelo De Retenção De Talentos Para Projetos Em Pequenas Empresas Focando a Geração Y

Autores: Cristiane Tavolassi e Cristiano Gomieri Morales

Por conta do processo de diagramação, o capítulo pode não conter algumas figuras e tabela (disponíveis somente em versão impressa).

RESUMO

Muitas empresas ainda não se atentaram ao fato de que hoje as pessoas são o seu maior patrimônio. É este capital humano que fará a diferença para a criação de vantagem competitiva, e não mais o capital financeiro como no passado (CHIAVENATO,2008). Portanto, é necessário que sejam criados projetos sustentáveis para retenção e capacitação na gestão de pessoas. Estamos vivendo na era da informação, na qual o conhecimento é muito mais importante do que a força física, a quantidade produzida é menos relevante que a informação que se pode obter. Antigos conceitos de fidelidade “canina” e estabilidade “perpétua” estão caindo em desuso rapidamente, dando lugar à criatividade, à liberdade e à flexibilidade para se atingirem as metas. Os líderes têm papel fundamental na busca dos talentos, e devem ser preparados para lidar com eles através de um bom processo seletivo, passando pela formação e treinamento, para que saibam lidar, compreender, estimular e formar em especial a Geração Y18 que em breve será a grande maioria nas empresas. Portanto, uma retenção de talentos eficiente, em especial para indivíduos da Geração Y, deve-se iniciar pelo entendimento das características e competências necessárias para o preenchimento de determinada função, passar pelo recrutamento da pessoa certa, ter uma liderança preparada para trabalhar com esse indivíduo e uma política de salários, benefícios e cultura corporativa condizente com suas expectativas. Por outro lado, o mercado de trabalho, especificamente os departamentos de Administração de Recursos Humanos (ARH) das empresas, têm buscado insistentemente técnicas de retenção de talentos que, com o passar do tempo, vêm perdendo sua eficácia (CHIAVENATO,2008). Esse problema é sentido em maior intensidade nas pequenasempresas, usualmente providas de um quadro de colaboradores menor e, consequentemente, impossibilitadas de substituir, com profissionais deste mesmo quadro, a perda de um talento. Em contrapartida, esse mesmo mercado de trabalho vem sofrendo cada vez mais o aumento, em sua participação, da chamada Geração Y (definição dada aos profissionais nascidos a partir de 1980).Essa geração possui interesses bem diferentes das gerações anteriores, formadas pela chamada Geração X (nascidos entre 1960 e 1980), Baby Boomers (nascidos entre 1940 e 1960) e Tradicionalistas (nascidos até 1940). Equalizar estes três pontos – retenção de talentos, profissionais da Geração Y e projetos de pequenas empresas – tem se mostrado um desafio constante na vida dos profissionais de gestão de projetos das pequenas empresas (TAVOLASSI & MORALES, 2009).

18 Modelo de retenção de talentos para projetos em pequenas empresas, focando a geração Y. Originalmente apresentado pelos autores deste texto, como Trabalho de Conclusão de Curso MBA Gestão Estratégica de Projetos, Fundação Getulio Vargas. São Paulo, 2009 e orientado pela Prof. Ana Paula Arbache. Leia Mais:

Ana Paula Arbache

Ana Paula Arbache

Pós-doutora em Educação pela PUC/SP. Doutora em Educação pela PUC-SP. Mestre em Educação pela UFRJ. Certificada pelo Massachusetts Institute of Technology/MIT- Challenges of Leadership in Teams (2015), Leading Innovative Teams (2018). Docente dos cursos de MBA e Pós MBA da Fundação Getúlio Vargas. Orientadora e avaliadora de trabalhos de pós-graduação. Sócia Diretora da Arbache Innovtions, responsável pelas ações de Gestão de Pessoas, Liderança, Governança Corporativa, Sustentabilidade Ética, Social e Ambiental e Elaboração e Aplicação Jogos de Negócios. Pesquisadora e autora das obras: A Educação de Jovens e Adultos Numa Perspectiva Multicultural Crítica (2001), Projetos Sustentáveis Estudos e Práticas Brasileiras (2010), Projetos Sustentáveis: Estudos e Práticas Brasileiras II (2011), Sustentabilidade Empresarial no Brasil: Cenários e Projetos (2012), A crise e o impacto na carreira (2015), O RH Transformando a Gestão – Org. (2018). Certificação em Coaching e Mentoring de Carreira para Executivos. Mentora do Capítulo PMI/SP. Curadora e Colunista do blog arbache.com/blog e Página Mundo Melhor de Empoderamento Feminino Arbache innovations. Fundadora do Coletivo HubMulheres. Palestrante em encontros nacionais e internacionais.

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.