Cotidiano Empreendedorismo

A Sua Empresa Sabe Tudo o Que Ela Sabe?

saber

A Sua Empresa Sabe Tudo o Que Ela Sabe?

A primeira vista, a frase acima parece um descalabro, mas não é! O que tenho percebido em minhas andanças, é que o volume de informações que circulam dentro de uma empresa (apesar de ser vultoso em termo de quantidade), é ainda concentrado somente na cabeça de alguns, que nem sempre dividem o conhecimento para todos, gerando o retrabalho desnecessário de vários afazeres que poderiam estar ultrapassados se não fosse o desconhecimento do que – naquela mesma empresa – já deu certo!

Quando me deparo com estas cenas sempre me pergunto por que uma informação que geraria uma tremenda economia para a empresa toda, ainda não é dividida, e “obriga” o trabalhador que desconhece o resultado, ter que gastar esforços e recursos para chegar a um resultado que o outro já ultrapassou? E percebo que a resposta tem a ver com falta de comprometimento de alguns líderes, como também pela própria ignorância que a empresa esteja passando pela situação aqui mencionada.

Atenção para este número: 60% de todos os problemas administrativos resultam da ineficácia da comunicação.

Informação é poder, e dividir alguns conceitos e resultados, pode parecer a diminuição do poder para quem a detém. Grande pensamento pequeno! Dividir ferramentas, resultados, conhecimentos dentro da organização é sempre fator agregador para todos os envolvidos. Mesmo! Quando se divide informações deste calibre, diminuem-se as tensões, e as preocupações passam a ser voltadas para novos acontecimentos e novas descobertas, criando possibilidades para a empresa alcançar novo patamar no mercado. Já vi empresas patinarem em assuntos num departamento, aonde o outro departamento parecia estar anos luz à frente. Competir dentro da própria empresa gerando prejuízos à mesma é de uma insensatez alucinante! É tal e qual não querer contratar pessoas capazes por temer perder a sua vaga! Líderes inteligentes contratam pessoas mais capazes, mais “antenadas” e assim, demonstram que são inteligentes a ponto de perceberem que, se juntando aos bons é que chegaremos a resultados acima da média medíocre. Toda vez que olho para uma empresa pela primeira vez eu me pergunto: será que esta empresa sabe tudo o que ela sabe? Que tal uma reunião exclusiva para se repassar o que de melhor têm se vivido aqui?

“Maestros não sabem como o oboé faz o meu trabalho, mas eles sabem com o que o oboé deve contribuir.” Peter Drucker

 

Avatar

Ana Luiza Alves Lima

Nascida em Santos, São Paulo, Brasil. Advogada e Consultora na Gestão de Pessoas em São Paulo – SP, Brasil. Formação: Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Santos (UniSantos-SP); Pós-graduado em Gestão de Seguros (Fundação Getúlio Vargas – FGV-SP); Consultora do Serviço Nacional do Comércio (SENAC para cursos livres e de pós graduação) e Administração de Recursos Humanos, pelo SENAC/SP. Membro da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção de São Paulo e da Associação dos Advogados de São Paulo.

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.