Coaching Liderança

A Diversidade e a Criatividade

reuniao de trabalho

A melhoria da renda e da escolarização no país vem permitindo que pessoas de diversas classes sociais ascendam em suas carreiras, alcançando postos de trabalhos antes direcionados a um grupo específico da sociedade. Esta nova realidade, está mudando o mercado de trabalho profundamente.

Esta ascensão, está criando um círculo virtuoso de melhoria contínua de renda e também de escolarização das novas gerações, permitindo mais acesso às universidades, abrindo, portanto, novas fronteiras, o que pode ter como consequência a redução do imenso abismo que separa os mais ricos dos mais pobres no Brasil.
A diversidade poder gerar benefícios econômicos para os indivíduos e para as empresas, pois a visão multicultural proporciona a capacidade de olhares em diversos ângulos, possibilitando enxergar, com mais clareza, problemas e soluções.
A busca pelo entendimento da diversidade vai se acentuar ainda mais, considerando os fluxos imigratórios da África e Oriente Médio em busca de novas oportunidades na Europa. Esta nova realidade, aumentará ainda mais a necessidade de entendimento do que é a diversidade e de como agregá-la positivamente ao dia a dia das empresas e países.

O que a diversidade pode trazer de vantagens para uma empresa ou país?

Buscando a motivação que poderia levar à queda das barreiras do preconceito, percebe-se que muitas vantagens são obtidas ao aceitar a diversidade. Algumas delas são:

1 – Redução dos custos com turnover e absenteísmo – pessoas discriminadas passam a perceber como oportunidade estar em empresa que aceitam as diferenças;
2 – Atração de funcionários talentosos para a empresa – pessoas talentosas, discriminadas não mostram suas habilidades. O reconhecimento traz mais engajamento, aumentando seu potencial criativo;
3 – Sensibilização para as novas culturas que formam o mercado – Considerando que o mercado mais globalizado com a inserção de novas culturas, ideias, necessidades e expectativas, a diversidade permite criar equipes multiculturais, permitindo um olhar mais amplo e assertivo;
4 – Aumento da criatividade e inovação na empresa – O olhar mais amplo e multicultural, torna a empresa mais propensa a “achar” o novo, que pode ser um novo produto, uma nova forma de se comunicar, uma nova forma de se relacionar, uma nova forma de administrar, ou qualquer inovação que agregue valor à empresa;
5 – Aumento da capacidade de resolução de problemas – A diversidade amplia a capacidade de visão da própria empresa, observando suas fraquezas e seus pontos fortes com maior clareza, “enxergando” soluções mais criativas e efetivas para os problemas encontrados;
6 – Aumento da flexibilidade do sistema administrativo – Tornar a empresa mais horizontalizada, menos preocupada com “quem é” e mais focada no “quem somos”, torna-a mais flexível, pois aceita ideias, visões e posturas de todos, o que permite à empresa ficar mais rápida e ágil nas mudanças. O mercado é um ambiente vivo, dinâmico e imprevisível. Ao enrijecer a cultura, corre-se o perigo de se tornar incapaz de reagir às incertezas surgidas diariamente no mercado.

Identidades, ideias, percepções e histórias de vida diferentes gera um ambiente mais criativo, pois simula a complexidade do mundo. A heterogeneidade de culturas capacita a empresa a interpretar as questões por ângulos diferentes, permitindo o surgimento de ideias criativas possibilitada pela junção dos distintos olhares.
Pode-se dizer que a diversidade nas empresas é um insumo que, se explorado de maneira correta, leva a resultados surpreendentes de criatividade e inovação. Assim sendo, pode-se afirmar que a gestão da diversidade permite criar uma organização de alto desempenho, preparando a empresa para enfrentar as incertezas do futuro.

Então: MISTURE-SE E INOVE: ACEITAR O DIFERENTE PARA CRESCER NA CARREIRA

Fernando Arbache

Fernando Arbache

Doutorando ITA. Mestre em Engenharia Industrial PUC/Rio. Independent Education Consultant working with MIT Professional Education. Graduado em Engenharia Civil, UFJF. Data and Models in Engineering, Science, and Business/MIT, Cambridge, MA (USA). Challenges of Leadership in Teams/MIT, Cambridge, MA (USA). Data Science: Data to Insights/MIT, Cambridge, MA (USA). AnyLogic Advanced Program of Simulation Modeling/Hampton, NJ (USA).: Educational Consultant working with MIT. Coordenador da FGV em cursos de Gestão (curso de MBA em Gestão das Casas Bahia). Professor FGV, nas cadeiras e Logística, Estatística, Gestão de Riscos e Sistemas de Informação. Professor da HSM Educação nas cadeiras e Logística e Estatística. Professor IBMEC, Professor concursado na FATEC/São José dos Campos. Obras: ARBACHE, F. Gestão da Logística, Distribuição e Trade Marketing. São Paulo: Ed. FGV, 2004. ARBACHE, F. Logística Empresarial. Rio de Janeiro: Ed. Petrobras, 2005. ARBACHE, A. P. e ARBACHE, F. Sustentabilidade Empresarial no Brasil: Cenários e Projetos. São José do Rio Preto- SP: Raízes Gráfica e Editora, 2012. Pesquisa: Desenvolvimento de modelos de mapeamento de Competências Comportamentais e Técnicas, por meio de gamificação com uso de Inteligência Artificial, utilizando Deep Learning e Machine Learning (http://www.arbache.com/mobi). Desenvolvimento de pesquisa de modelos para geração de indicadores de aprendizados para inovação, assim como de competências essenciais para inovação (curva de aprendizado e gaps de competências) e obtenção de ROI (Return Over Investment). As pesquisas que estão em desenvolvimento, têm como hipótese que existem modelos inovadores, para mapeamento de aprendizado adaptativo, com o uso de inteligência artificial, para atendimento em empresa e pessoas. Esses indicadores estão em uso, em um dos maiores programas de inovação para o cooperativismo da América Latina, que é fruto de pesquisas realizadas, desenvolvido e concebido por minhas pesquisas (http://www.arbache.com/inovaccop). Atualmente são 75 cooperativas de diversas áreas de atuação e aproximadamente 500 participantes. Estudos acima impactam no desenvolvimento do conceito RH 4.0 ou RH de Precisão, assim como no entendimento do impacto da Gestão por competências em um ambiente de inovador. Desenvolvimento de Inteligências nos dados e métricas - Big data e precisão nas tomadas de decisões na gestão de pessoas. Com os elementos anteriores, estuda-se a estratégia de negócios e estoque de talentos - o que os números revelam para o sucesso nas organizações. Estatística e inteligência estratégica para negócios em ambientes inovadores. Experiência Profissional: CIO (Chief Innovations Officer) da empresa Arbache Innovations especializada em simulação, inovação com foro em HRTech e EduTech – empresa premiada no programa Conecta (http://conecta.cnt.org.br) como uma das 5 entre 500 startups mais inovadoras da América Latina. Empresa Acelerada pela Plug&Play (https://www.plugandplaytechcenter.com) em Sunnyvale, CA – Vale do Silício entre novembro e dezembro de 2018. Desenvolvimento de parceria com o MIT – Massachusetts Institute of Technology para cursos presenciais e digitais – http://www.arbache.com/mitpe, https://professional.mit.edu/programs/digital-plus-programs/who-we-work & https://professional.mit.edu/programs/international-programs/who-we-work

2 Comentários

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.