Cotidiano

E O “DOM” VEM DE REPETIR…

pensar

E o “dom” vem de repetir… e um excelente fim de semana!

“Nossa, como você executa bem essa tarefa!” E então a pessoa supostamente elogiada diz – sim, porque treinei, treinei e treinei.

Apesar de óbvio, as pessoas pensam logicamente que, por fazer sentido algum resultado vir de um procedimento, uma vez dito ser necessário, ele será implementado de pronto e será executado. Não será simples assim.

Os realizadores – por assim dizer – repetem inúmeras, centenas, milhares de vezes até incorporarem em sua rotina de forma sistemática e natural que até parece um “dom”. Não é. É fruto de trabalho, de insistência, reincidência e persistência e treino e treino.

É busca contínua e não a resposta prática de que sabe fazer porque o faz há anos. De repente faz há anos errado, ou mediocremente ou normalmente, ou pior: repete porque assim disseram que é.

Aí vem uma ferramenta tecnológica e simplifica, e torna nossas horas, minutos. E então nosso tempo se alonga de novo e podemos fazer mais com o mesmo tempo. Só que a preguiça de aprender o novo estaciona o ser que não gosta de sair do seu mundinho ideal (para ele). E então o mundo gira e ele cai “desavisado” porque que a rotação mudou de lado. Atenção todo mundo: a vida dá cambalhotas com muita frequência. Não se faça de vítima. Atualize-se!

Primeira orientação que recomendo repetir, repetir e repetir é: respeite o tempo do outro (e por consequência, seu próprio tempo).

Marcou um encontro, um almoço, uma demanda, uma chamada, uma reunião, qualquer compromisso. Compareça no horário. Se vire nos 30, mas cumpra com o combinado.

A confiança abre portas, janelas e possibilidades, podendo concluir que o oposto as fecha. Se antecipe, apresente-se disponível durante aquele momento. Seja inteiro. Imprevistos? Num compromisso pré-agendado? Deve ser aquela exceção excepcionalíssima que vai passar domingo no Fantástico.

Se você não consegue respeitar o que temos de mais precioso, (que é o nosso tempo), pode significar que se você for desacreditado porque não cumpriu com o que combinou, estarão utilizando contra ti sua própria régua de valores, e isso é péssimo para qualquer relacionamento. Vamos agir e pedir menos desculpas. Vamos acontecer um pouquinho de cada vez e deixar o discurso para momentos de celebração.

Seja o extra que diferencia o ordinário. Seja um tiquinho a cada dia melhor que ontem. Não é numa fração de segundos que o primeiro ganha do segundo muitas vezes?

A distinção no dia a dia também pode ser aquele “bom dia” caprichado. Aquela planilha bem alinhada, aquele silêncio necessário, aqueles cinco minutinhos a mais numa revisão, ou até mesmo, ou principalmente, fazer somente o que já combinou. Só isso.

Ana Luiza

Categorias

Entre em contato conosco

 

Mensagem enviada com sucesso

Em breve retornaremos o contato.

◄ Voltar

Outros projetos da Arbache Tec

Telefone para contato
+55 11 97289-0180
Nosso e-mail
arbache@arbache.com.br
Todos os direitos reservados @arbache 2017